sexta-feira, 16 de novembro de 2012

A dança




A brisa cinzenta dança sobre meus pés
tudo se congela
como estúpido gelo glacial
não movo, não ando
estupidamente paralisado.

Estátua imóvel
um ser imóvel
uma vida imóvel
pés congelados
só a brisa que dança!

Paralisado, congelado, petrificado
                  o ser
apenas observa a dança da sombria brisa
pronta para dançar com outros.

Fernando Bernadelli 



2 comentários:

Edwilson Kennedy disse...

Lindo... Adorei ler este poema tomando um cafe com o poeta.. o verdadeiro !!! só pra quem pode né.

Otimo Poema
Edwilson Kennedy

Manoel Carlos Alves disse...

Passei, vi, li e gostei... Parabéns pelo blog...

UM GRITO DE LIBERDADE...

A liberdade é um hábito que tranquiliza e concede-nos
motivações para vivermos tranquila e calmamente.
Mais para isso acontecer devemos
semearmos boas ações e ações de bem servir;
E mais que tudo;
Devemos ser pacificadores e semeadores da paz...
É preciso que cultivemos os terrenos da boa vizinhança,
da boa amizade e dos bons gestos de generosidades infinitas;
Sem jamais esquecermo-nos de fazermos testes e exames
das nossas próprias consciências...
Semeias com fé e otimismo;
Adubas com o coração feliz
e repleto de boa vontade...
Auxilias com eficiência;
Assim, a sua colheita será farta
e o seu jardim será florido e muito mais perfumado...
Desprenda-se, desligue-se de toda e qualquer ação maléfica e desatinada,
logo perceberá que as coisas boas e o bem entrará definitivamente em sua vida...

Autor: Manoel Carlos Alves
Copyright By Manoel Carlos Alves

Acesse o blog e se gostar do seu conteúdo siga-o; http://inkdesignerstampas.blogspot.com.br/
Quer me seguir? Então vem comigo; http://twitter.com/manoalves2008
Eu no facebook; https://www.facebook.com/MANOALVES2008
Acesse o blog e se gostar do seu conteúdo siga-o; http://inkdesignerstampas.blogspot.com.br/